Local

Bombeiro Walker Souza é homenageado por Michelle Bolsonaro

Soldado Walker Sousa ajudou a socorrer mulher com deficiência auditiva que estava em trabalho de parto

O soldado francano Walker Sousa, do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Ribeirão Preto, foi homenageado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro durante a entrega do 1º Prêmio de Acessibilidade, no Palácio do Planalto, em Brasília. O evento aconteceu nesta sexta-feira, 3, Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

O morador de Franca, que trabalha em Ribeirão Preto sabe a Língua Brasileira de Sinais (Libras) e intermediou, por meio de uma videochamada, a comunicação entre uma mulher que estava em trabalho de parto e os profissionais da saúde que a atendiam, no Hospital Maternidade Sinhá Junqueira, em julho deste ano. “A transformação social é possível e pode começar com pequenos atos, uma mudança de perspectiva, um novo olhar, como o do bombeiro Walker, que serviu de inspiração para este prêmio”, declarou a primeira-dama.

View this post on Instagram

A post shared by Walker Sousa (@walker_sousa23)

No discurso, Michelle Bolsonaro também relembrou de situações em que o conhecimento em linguagem de sinais do bombeiro ajudou no atendimento de pessoas com deficiência auditiva da região. “Espero que essa atitude sirva de inspiração para outros agentes públicos”, afirmou.

O Prêmio de Acessibilidade é uma iniciativa do Governo Federal, por meio do Ministério da Mulher, Família, e dos Direitos Humanos, e da Casa Civil. Tem como objetivo reconhecer e premiar iniciativas que promovam a acessibilidade no país. “É fundamental valorizarmos atitudes que transformam realidades. Reconhecer atitudes, gestos, ações que contribuem para que pessoas com deficiência se sintam incluídas na sociedade. Com essa premiação, queremos estimular outras pessoas a se engajarem na produção da acessibilidade”, completou a primeira-dama.

Bate-Papo

Quando resolveu aprender a linguagem de libras e como foi esse processo?

Eu resolvi aprender libras quando passei um episódio ruim com a comunidade surda. Eu estava em um evento social e tentei me aproximar de um grupo de pessoas surdas e não soube me comunicar com eles. Então, resolvi me preparar para quando fosse necessário atender alguma pessoa surda em ocorrência.

Você se tornou exemplo para muita gente, sempre envolvido em projetos sociais e um representante da importância do ensino da língua Brasileira de sinais. Como você se sente?

Eu fico muito feliz em saber que me tornei um exemplo, mas ainda acho que faço o mínimo como ser humano. Participo de vários projetos sociais, mas minha meta é ser sempre um incentivador, mostrando para as pessoas que devemos aprender libras. É um direito da pessoa surda receber o melhor atendimento e estar inserido na sociedade.

Como foi receber essa homenagem da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que como você, também é empenhada em projetos para acessibilidade de todos?

Foi incrível, foi o dia mais feliz da minha vida. Conheci de perto como é feito o trabalho dela e os bastidores de toda equipe. O trabalho que realizam é maravilho, eles pensam em todos os tipos de acessibilidade. Gostaria muito que todas as pessoas pudesse conhecer tudo isso de perto.

Quais os projetos que você está envolvido no momento?

Estamos fechando uma parceria com a Secretária de Educação de Ribeirão Preto, para trabalhar a importância da inclusão dentro das escolas públicas e também ensinar primeiros-socorros para estudantes de escolas públicas estaduais. E temos o “Que Bonita sua Roupa”, iremos comemorar essa homenagem com uma festa social para as crianças do meu bairro. E vamos contar com a ajuda, colaboração e doações de todos que puderem. É só entrarem em contato comigo.

Sonho de criança

Um momento emocionante para o bombeiro, que fez questão de registrar em suas redes sociais, foi o encontro com o astronauta, hoje Ministro da Tecnologia Ciência Marcos Pontes. Na foto, Walker é parabenizado pelo seu ídolo de infância. “Eu tive flash de memória da minha infância. Quando ele participo do projeto de ir para fora do planeta, fiz um trabalho sobre ele. Sempre admirei a história dele. Não consegui segurar as lagrimas”, disse Walker emocionado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo