Local

Ecoponto do Jardim Luíza deverá sair do papel; licitação vai até 10 de junho

O Jardim Luíza será o segundo bairro a receber uma unidade do Ecoponto, serviço municipal de recebimento de entulhos e restos de construção. O aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira, 20. As empresas interessadas em participar da concorrência para a construção do equipamento deverão apresentar as propostas até o dia 10 de junho.

O Ecoponto do Jardim Luíza será construído numa área localizada entre a avenida Ida Zero Zaninelo e as ruas Nulo Coraucci e Jonas Soares de Paula, com previsão de investimentos de R$ 347.463,86. O local será fechado com muro, contará com controle de recebimento dos materiais e estrutura para as necessidades da equipe  administrativa. 

O primeiro Ecoponto será erguido no Jardim City Petrópolis, na avenida São Pedro, cuja licitação já foi concluída e o contrato com a empresa vencedora será assinado nos próximos dias para o início das obras. 

Parte dos recursos investidos são do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), aprovado pelo Comitê do Sapucaí Mirim-Franca e também do Fundo Municipal do Meio Ambiente. Rui Engrácia Garcia Caluz, secretário de Meio Ambiente, informou que nesses locais poderão ser destinadas pequenas quantidades de resíduos de materiais recicláveis e de construções, além de móveis velhos, conforme as regras que serão oportunamente estabelecidas.

Os Ecopontos serão dotados de estrutura básica de controle, vigilância diária e passarão a ser opções para o descarte regular de materiais que, hoje, são destinados incorretamente em áreas públicas e particulares, causando transtornos e aborrecimentos a moradores, aos donos e ao município. Ainda segundo Rui Engrácia, o Jardim Portinari também receberá uma unidade do Ecoponto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo