Local

Mecânico de Franca é perseguido e morto por motorista de caminhonete

Uma confusão envolvendo duas mulheres e um homem acabou na morte do francano Paulo Fernandes da Silva. A vítima, que tentava ajudar as mulheres, teve sua moto atingida pela caminhonete do suspeito em uma vicinal que leva ao distrito de Estreito, em Pedregulho.
Segundo informações da PM, as duas mulheres, moradoras de Pedregulho, e o suspeito, participavam de um churrasco na casa de uma amiga em Estreito. Depois de ingerirem muita bebida alcoólica no local, elas teriam se negado a voltar para a cidade com o homem que não teria gostado da situação.


Os três então iniciaram uma discussão e Paulo Fernandes, mecânico de Franca e morador do Jardim Pulicano, que passava pelo local e teria presenciado a briga, ofereceu carona para as moças apesar de estar em uma moto e os três seguiram viagem.


Já na vicinal, a caminho de Pedregulho, segundo a Polícia Militar, elas teriam notado a aproximação da caminhonete do suspeito. Ele então atingiu a traseira da motocicleta de Paulo e os três caíram. Enquanto as mulheres sofreram apenas ferimentos leves, o motorista teve ferimentos graves. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para a Santa Casa de Pedregulho, mas devido a gravidade da sua situação a vítima foi transferida para a Santa Casa de Franca. Porém, ele não resistiu e morreu já na madrugada deste domingo, 28.


O caso foi registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) como homicídio. O suspeito, até o fechamento desta reportagem, seguia foragido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo