Local

Prefeitura e Estado estudam IMA para atendimento de pacientes com covid-19

Técnicos da Secretaria de Saúde de Franca e da DRS-VIII (Diretoria Regional de Saúde) realizaram uma vistoria nas instalações do IMA (Instituto de Medicina do Além). A inspeção realizada é um dos passos para a estruturação do projeto para a implantação de um novo hospital de campanha contra a Covid-19 na cidade. Após análise técnica, a Prefeitura irá encaminhar um documento ao Governo do Estado sobre a viabilidade e às necessidades do local para receber pacientes com coronavírus.

O prefeito Alexandre Ferreira (MDB) já havia afirmado a Folha de Franca, em entrevista no mês passado, que existia a possibilidade de atendimentos de pacientes com covid-19 serem retomados no IMA.
No início desta semana, o prefeito se reuniu com a diretora da DRS, Lucy Juazeiro, para discutir a possível parceria com o IMA. A expectativa é a abertura de novos leitos clínicos e também de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no local. A ação seria feita junto com o Governo do Estado de São Paulo. O formato da parceria ainda é estudado e, segundo a administração municipal, a previsão é que a decisão seja tomada em breve.
A vistoria no prédio contou com a diretora da DRS-VIII, Lucy Juazeiro, o secretário de Saúde, Lucas Souza, além de técnicos das Vigilâncias Sanitárias de Franca e do Estado de São Paulo. “A ideia (da visita) é para verificarmos como está a estrutura do hospital de uma maneira geral, para que possamos fazer um planejamento e trabalharmos junto com o Estado, abrindo mais leitos de UTI e de enfermaria em Franca”, disse Alexandre Ferreira.

O valor que o novo hospital de campanha custaria ou o número de leitos que poderão ser abertos, caso a parceria seja consolidada, não foram divulgadas pela Prefeitura.
O Hospital da Caridade já foi utilizado por um período para atender pacientes com covid-19 ainda no ano passado, durante a gestão do ex-prefeito Gilson de Souza (DEM). Segundo a Prefeitura, se a parceria for realmente feita neste momento, o Complexo Santa Casa, que já faz o atendimento de pacientes com covid no Hospital do Coração e do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Franca, é quem deve assumir os atendimentos no IMA, que apenas cederia o espaço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo