Local

Projeto Guri Polo Acif muda para a Av. Dr. Hélio Palermo

Em busca de oferecer um melhor ambiente para seus alunos, o Projeto Guri Polo Acif Franca está de casa nova. Agora a sede do projeto está na Avenida Dr. Hélio Palermo. Maior, o novo prédio conta com uma estrutura escolar, com salas de aula, de convivência, elevadores, banheiros, cozinha e acessibilidade nos dois pisos, além de sistema de monitoramento em vídeo em todos os ambientes, interfone para atendimento externo e wifi.

A mudança da sede, segundo os responsáveis, atende a uma demanda do projeto que nos últimos anos viu os atendimentos crescerem. Hoje, mais de 600 crianças e jovens, entre 6 e 17 anos, são atendidas pelo Projeto Guri. O projeto atua em Franca desde 2002 e desde 2005 tem a Acif (Associação do Comércio e Indústria de Franca) como sua mantenedora.

“O Projeto Guri cumpre um importante papel social em nossa cidade e, desde 2005, a Acif atua como mantenedora da iniciativa, em Franca. Entendemos a necessidade de se investir em um novo espaço e esperamos que o projeto cresça e possa atender, no futuro, ainda mais crianças e jovens”, disse o presidente da Acif, Tarciso Bôtto.

“Temos uma grande expectativa com esse novo espaço e estamos ansiosos por esse retorno presencial, de acordo com as orientações e decretos municipais e estaduais. Era um sonho de todos(as) os envolvidos(as) oferecer um espaço amplo, arejado, com acessibilidade para as salas e espaços do Polo que pudéssemos realizar as aulas com mais qualidade aos alunos e alunas de Franca e também proporcionar melhoria para a equipe executar seu trabalho”, disse Milena Mello, gerente administrativa do Guri Regional Ribeirão Preto – área em abrange 38 polos da região, incluindo Franca.

Vagas abertas

O Projeto Guri também está com o período de intenção de matrículas aberto e sendo realizado de forma online através do link: https://bit.ly/3w0b4kV. As intenções podem ser realizadas até o próximo domingo, 04. “Essa intenção é avaliada pela coordenação do Polo e de acordo com as vagas disponíveis no curso solicitado, a coordenação entra em contato com o interessado para solicitar o envio dos documentos do aluno/aluna. A realização da intenção não garante a matrícula e a ordem de inscrição e a quantidade de vagas em aberto serão avaliadas”, afirma a coordenação do projeto.

As vagas são limitadas e gratuitas. Não é necessário ter conhecimento prévio em música e nem possuir o instrumento musical. Basta ter entre 6 e 18 anos incompletos e estar matriculado na escola. As vagas disponibilizadas são para interessados nos cursos de musicalização, viola caipira, cavaco, percussão, viola clássica, cello, eufônio, trombone, trompete, tuba, flauta transversal, iniciação Musical e coral. Mais informações pelo (16) 3720-2633.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo