Local

Santa Casa de Franca participará Corujão da Saúde-Oncologia e fará cerca de 1,5 mil exames

O Grupo Santa Casa realizará cerca de 1,5 mil exames de alta complexidade entre este mês e dezembro deste ano. Os procedimentos fazem parte das fases 7 e 8 do Programa Corujão da Saúde, do Governo do Estado de São Paulo. No programa o atendimento é estendido após as 19 horas e segue ao longo da noite e da madrugada para pacientes que dependem do SUS (Sistema Único de Saúde).

O objetivo é agendar e realizar os exames que precisaram ser adiados devido a pandemia da covid-19 que obrigou os hospitais a voltarem suas atenções e recursos para o tratamento dos pacientes com coronavírus. Com a queda no número de casos e internações, será realizada a retomada e atualização da agenda.
Segundo o Grupo Santa Casa de Franca, a expectativa é que a instituição realize aproximadamente 1,5 mil procedimentos.
“O Grupo Santa Casa de Franca é o único que possui uma estrutura integrada de hospitais com disponibilidade de uma ressonância e duas tomografias, tendo condições de oferecer serviços de alto nível e com uma logística adequada ao volume dos usuários do SUS”, explicou, em nota, a Santa Casa.

O governo de São Paulo estima que hoje há uma demanda de mais de 237 mil exames no estado. Em uma outra fase do plano, segundo o secretário da Saúde do Estado de São Paulo, Jeancarlo Gorinchteyn, o Corujão também atenderá cirurgias eletivas postergadas pela prioridade ao atendimento de pacientes da Covid-19. A ocupação das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e enfermarias nas últimas semanas no estado de São Paulo registrou ocupação inferior a 40% nas unidades.

Os procedimentos em Franca serão agendados pela Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde).
“Após esse longo período em que tivemos de focar todos nossos esforços para salvar vidas de pacientes com Covid durante os momentos mais críticos da pandemia, agora podemos retomar a realização dos exames que estavam suspensos, agilizando o andamento da fila para a população de Franca e região que já estava tão necessitada desses procedimentos”, disse Tony Graciano, presidente voluntário do Grupo Santa Casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo