Local

Santa Casa de Franca realiza 1º parto em gestante internada com Covid-19

Quase um ano após o início da pandemia no Brasil e o primeiro caso suspeito em Franca – registrado no dia 14 de março de 2020 – aconteceu o primeiro parto de emergência de uma gestante paciente de Covid-19, na ala especializada do Grupo Santa Casa de Franca. O parto, realizado no dia 11 de março, foi considerado de sucesso. A paciente, de 21 anos, havia sido internada na Ala Covid da instituição, localizada no Hospital do Coração, um dia antes do parto. Com 34 semanas e 6 dias de gestação, os profissionais optaram pela cesárea depois que a paciente, mesmo com todas as medidas de tratamento, não apresentou melhora no seu quadro.


O parto emergencial, considerado indispensável para salvar a vida da mãe e do seu bebê, foi indicado pela equipe médica por diversos motivos, um deles a questão anatômica que dificultava a expansão da caixa torácica e estava prejudicando a ventilação da jovem, além do fato do quadro da mesma estar colocando em risco a vitalidade do feto.
Benício nasceu às 15h18, pesando 2,290Kg e medindo 51 centímetros, necessitando de manobras de reanimação neonatal.

Atualmente o bebê encontra-se internado em isolamento total na UTI Neonatal, ainda com um quadro geral agravado, em função de toda sua condição – e inspira cuidados – continuando a receber todo o suporte intensivo. Ele também foi submetido a exames de detecção do coronavírus. Todo o atendimento foi realizado pelas equipes de Anestesia, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria e da UTI Infantil. “Hoje o Grupo Santa Casa de Franca, como Hospital de Ensino, é uma referência em tratamento de COVID-19, inclusive sendo reconhecido pelo Governo do Estado e por outras instituições que têm buscado uma troca de conhecimentos com nossas equipes”, disse o presidente do Grupo Santa Casa, Tony Graciano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo