Local

Vacinação dos professores das redes pública e privada começa em Franca

Profissionais da educação começaram a receber a vacina contra a Covid-19 na manhã desta segunda-feira, 12, em Franca. Realizada em quatro postos de vacinação instalados em escolas estaduais, a imunização contou com ampla adesão na cidade. Neste primeiro momento a Secretaria de Saúde recebeu 2.520 doses encaminhadas pelo Governo do Estado no fim da semana passada.

Para receber a primeira dose da vacina, os profissionais da educação devem realizar previamente um cadastro pelo site vacinaja.sp.gov.br/educação. A validação do cadastro é da Supervisão da Secretaria Municipal de Educação e Diretoria Regional de Ensino. Fazem parte desta etapa de imunização profissionais que atuam nas escolas das redes públicas estadual e municipal, creches municipais e conveniadas e escolas privadas com 47 anos ou mais.

Na escola estadual “Ângelo Scarabucci”, na Vila Scarabucci, uma das escolas onde são aplicadas as vacinas nos profissionais, a movimentação era grande no período da manhã.
“É uma expectativa muito boa. Estamos vendo na televisão esse tanto de gente morrendo e não ter uma vacina… Gostaria que todos tivessem essa oportunidade que nós professores estamos tendo aqui hoje. Nossos familiares, amigos. Todo mundo, né? Eu fico mais tranquila pelo contato que tenho com as famílias e os alunos e tenho certeza que tranquilizará também os pais para mandarem seus filhos para a escola”, Elaine Ap. de Souza Nascimento, professora e vice-diretora, de 53 anos.

“Essa era uma reivindicação dos professores e gestores, pois trabalhamos também na linha de frente. É uma iniciativa positiva, precisamos trabalhar e isso nos dá uma segurança maior”, disse o professor de Ciências Humanas, Emílson Mariano, de 47 anos.
“Na minha opinião a vulnerabilidade dos estudantes é muito grande ao ficar sem escola, por que eles não estão realmente em distanciamento, estão aglomerando, estão com os coleguinhas, nas praças e a escola, que é prioridade, acabou não sendo uma prioridade. Então acho muito importante nos imunizar para termos uma proteção, pois estamos ali trabalhando e depois retornando para as nossas casas e famílias”, disse a professora de Educação Física, Célia Beatriz, 56 anos.

Neste primeiro dia receberam a primeira dose a equipe gestora das escolas e creches municipais e conveniadas com o município e escolas privadas, professores com aulas atribuídas no ensino regular, monitores, merendeiras, inspetores de alunos, servidores da limpeza, dentre outros, com 47 anos ou mais e com o nome com as iniciais de A a L. Para esta terça-feira, 13, as pessoas que tenham o nome com iniciais de M a Z serão imunizadas. Os profissionais devem comparecer em um dos locais, apresentando o comprovante VacinaJá Educação com o QRcode, RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde.

Os postos de vacinação para os profissionais da educação são as escolas estaduais “Ângelo Scarabucci”, na Vila Scarabucci; “Evaristo Fabrício”, no Jardim Aeroporto I; “Suzana Ribeiro Sandoval”, Vila Imperador e “Sudário Ferreira”, no Leporace 2.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo