Polícia

DIG instaura inquérito para dar mais transparência a caso Wesley

O delegado Márcio Murari, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Franca, decidiu instaurar um inquérito sobre o desaparecimento do garoto Wesley Pires, hoje com 14 anos, desaparecido desde o dia 28 de agosto do ano passado. A abertura do inquérito tem o objetivo de dar uma transparência ainda maior ao caso. “A Polícia vem trabalhando no caso desde o desaparecimento. Foram realizadas diversas diligências. Todas as pistas e informações que recebemos foram investigadas e checadas com o máximo de atenção possível. Tudo o que foi possível foi feito”, disse o delegado Márcio Murari.

Por tratar-se de desaparecimento um PID (Procedimento de Investigação de Desaparecimento) já estava em andamento desde o ano passado. “Em casos de desaparecimento são abertos PIDs, no ano passado, na Seccional de Franca, foram abertos cerca de 300 PIDs e a grande maioria foi solucionada. Agora com a abertura do inquérito do caso Wesley queremos dar uma transparência ainda maior ao caso”, completou Murari.

O caso

O garoto Wesley Alves Pires Filho, de 14 anos, sumiu no dia 28 de agosto no Jardim Aeroporto I, zona Sul de Franca. Ele, que na época tinha 13 anos, teria saído para ir a um varejão e desde então não voltou para casa.

Nos últimos sete meses, tanto a Polícia como a família investigaram pistas em várias cidades. Existem informações que ele teria sido visto, em algum momento desde que desapareceu, em Ribeirão Preto, Sertãozinho, Serrana, São Paulo e Ubatuba, além da mineira São Sebastião do Paraíso e até em Campo Grande (MS).

A repercussão do caso nas redes sociais ganhou tanto destaque que a história do desaparecimento de Wesley Pires foi tema de um vídeo no canal do youtube Freak TV, com mais de 1,3 milhão de inscritos. No canal, que é especialista em casos policiais e de mistério, o apresentador Milho Wonka relata detalhes do que foi divulgado desde o desaparecimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo