Polícia

DIG pede prisão preventiva de mulher que ajudava parceiro a roubar taxistas

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Franca pediu a prisão preventiva da jovem de 21 anos suspeita de atrair taxistas e ajudar o parceiro, de 29 anos, a roubá-los. Ela foi presa na última terça-feira, 23, em São José da Bela Vista.

De acordo com o delegado da DIG, Márcio Murari, a jovem confessou o crime e apontou seu marido, que segue foragido, como o mentor dos crimes. “Eles atraíam os taxistas para uma viagem e no caminho praticavam o crime. Os taxistas eram ameaçados com facas e os suspeitos levavam o dinheiro e o veículo das vítimas”, disse.

Os investigadores da DIG chegaram até o casal depois que duas vítimas registraram as ocorrências. Eles são suspeitos de praticar ao menos cinco crimes da mesma natureza. O marido, que não foi encontrado no momento da prisão da jovem, segue foragido. Ele já tinha antecedentes criminais, incluindo violência contra a própria mulher.

A jovem está presa na Cadeia do Guanabara. Caso a prisão preventiva seja decretada ela será encaminhada para uma penitenciária feminina na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo