Região

Restinga completa 57 anos em fevereiro

Fevereiro é mês de celebração em Restinga. A cidade vizinha de Franca comemora 57 anos dia 28 de fevereiro; data em que ela foi elevada à categoria de município, pela lei estadual nº 8092, de 28-02-1964, desmembrado do município de Franca.
Como várias outras cidades da região, Restinga começou a “nascer” por conta da movimentação nas estações ferroviárias da época. Em meio às viagens de carga, os comboios faziam paradas para o descanso no local. Aos poucos foi surgindo um vilarejo que depois se tornou a cidade. nas proximidades naquela época.
De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Restinga tem atualmente pouco mais de 7,6 mil habitantes. Em homenagem a essa cidade e a toda população restinguense, publicamos um breve histórico de Restinga.

“A Companhia Mogiana de Estrada de Ferro chegou com seus trilhos até Franca em 1887 e, em 1945, inaugurou sua estação de parada em terras da Fazenda Monte Belo, de propriedade do Coronel Isaac Vilela de Andrade, à qual denominou Restinga, em lembrança à vizinha fazenda com o mesmo nome, de propriedade de João Alexandre Dias. Nessa ocasião, o Coronel Isaac doou uma área e construiu uma capela, em torno da qual estabeleceu um loteamento em “datas”, vendendo-as a fazendeiros e seus colonos. Foram os primeiros moradores, os fazendeiros Joaquim Barbosa de Sales Pinto, Coronel Amélio Canto Rosa, Antônio de Oliveira Carvalho e ainda João Simão, comerciante e fornecedor de dormentes à ferrovia, João Anselmo, José Marcelino de Agnelo, Santo Spadoni, Silverio Campaneli e Francisco Vilela. O Major Joaquim Firmino de Andrade foi quem construiu as duas primeiras casas que deram início ao povoado e também instalou uma beneficiadora de café. Com a crise cafeicultura em 1929, a economia de Restinga sofreu grave revés, mas superou-se com a cultura de cereais em suas férteis terras e a criação de gado. Em agosto de 1912, foi criado o Distrito de Paz. A criação do Município ocorreu em 28 de fevereiro de 1964, instalado no ano seguinte”.

Fonte: IBGE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo