Opiniões

O contador frente aos desafios de 2021

Por Donício Cruz Antunes

Intenso, esta palavra resume o que 2020 foi para o profissional da contabilidade. Dezenas de Medidas Provisórias que foram editadas a toque de caixa e da noite para o dia os contadores tiveram que tomar conhecimento de cada uma delas, interpretá-las e instruir os empresários da forma correta de colocá-las em prática em suas respectivas empresas.

“A todo instante fomos chamados para contribuir nas decisões estratégicas de cada uma das empresas quanto à prática do home office, da redução da jornada de trabalho, da suspensão de contrato de trabalho, de demissões, de acordos, das finanças e contratos”.

No ano passado, os contadores trabalharam incansavelmente com o foco na sobrevivência das empresas, que sofreram, em diferentes graus, o impacto do Covid-19 em seus demonstrativos contábeis e financeiros que refletiram a escassez nos saldos das contas bancárias, momento este em que os empresários vivenciaram o valor do profissional contábil, por ser o único capaz de liderar a travessia de tão bravio mar, momento este em que muitos escritórios contábeis foram transformados em verdadeiros hospitais administrativos, prontos a salvar os empreendimentos de iminente falência anunciada em conjunto com a existência da pandemia.

Findo 2020, com grandes vitórias e muita experiência, os profissionais da contabilidade já colocam seu olhar para o que os esperam em 2021, sabendo que algumas mudanças acontecidas serão definitivas, nosso novo normal, como já diz por todo o lado, mas que outras deverão voltar ao nosso simples normal. Sobretudo, o contador entra em 2021 fortalecido, valorizado e com a autoestima elevada pelas vitórias conquistadas, auxiliando milhares de empresas a não caírem na falência, mantendo empregos e sustentando a geração riquezas para nosso país.

O panorama que se horizonta para o contador é refletido nos eventos patrocinados pelas instituições que o representam, por exemplo o CRC/SP, que realizou em 2020 sua inédita convenção pela internet com grande sucesso, trouxe como tema: “O Contador à Frente da Transformação Digital e da Humanização”. Sim o contador não é mais um “guarda-livros”, para melhor entender nos dias atuais “um guarda-dados” ou um emissor de guias/cobrador do governo ou ainda alguém que só leva para empresa contas a pagar. Não, o contador é, antes de qualquer coisa, um profissional treinado para liderar processos e programas de transformação empresarial; ele está na linha de frente das decisões estratégicas das empresas, um verdadeiro consultor de negócios.

Isto nos alerta da necessidade dos estudantes e profissionais que querem se destacar, que se atentem para temas de especialização, como os apresentados nas convenções regionais do CRC/SP, tais como controladoria, auditoria, compliance, governança, Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, home office, contabilidade digital, BPO Financeiro, Operações de Dropshipping, comunicação, startups, Criptomoedas, contabilidade aplicada à logística e Supply Chain e o Contador no Alinhamento entre Investimento Social, Tecnológico e Controles no Terceiro Setor, dentre outros temas interessantes.
O mercado de trabalho pede, para 2021, ainda mais, um profissional preparado para abordar questões e desafios que, até então, não faziam parte de nosso dia a dia. Para estes não há desemprego e nem baixos salários, pelo contrário, para os competentes e antenados, há destaque e boa remuneração.

No ano que não engatou uma primeira marcha, terá sucesso o profissional que se preparar para o novo, que dará o tom dos assuntos das convenções regionais do CRC/SP, que se propõe a auxiliar os contadores e técnicos da área neste processo de enfrentamento dos desafios postos e mesmo imprevisíveis, como tem ocorrido nessa demolidora pandemia, que estão necessariamente ligados à sua permanente atualização profissional, a uma visão ampliada do mercado de trabalho, para além de seu escritório e da tela de seu computador, sendo assim ainda mais importante o papel das associações de classe contábil congraçadas neste processo que leva aos profissionais a oportunidade do necessário conhecimento e reciclagem profissional.

Pessoalmente, me sinto orgulhoso, primeiro por ser contador e depois por participar deste processo, estando na presidência do SINCOFRAN – Sindicato dos Contabilistas de Franca e Região, entidade de respeito que valoriza o profissional contábil e que não teme o que virá. Damos ao novo ano um bem-vindo, com muita experiência, trabalho e dedicação, embora terminando o primeiro trimestre. É o novo!

Donício Cruz Antunes é presidente do SINCOFRAN – Sindicato dos Contabilistas de Franca e Região, gestão 2017/2023.

Donício Cruz Antunes

Presidente do SINCOFRAN – Sindicato dos Contabilistas de Franca e Região, gestão 2017/2023

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo