Opiniões

Por que se relacionar é tão difícil

Por Mara Perente

Um dos maiores desafios hoje das pessoas é se relacionar com as outras pessoas, isso dentro de casa, no casamento, com os filhos, na empresa, entre os sócios, entre amigos…etc. Principalmente nesse momento “pós – Covid”, quando as pessoas estão passando mais tempo juntas e trabalhando em casa.

Mas afinal o que isso gerou? Na grande maioria das vezes, um turbilhão de problemas, conflitos, divórcios… Só no Brasil, nesse período de pandemia, o índice de divórcios aumentou 54%. É muita coisa gente!

O que acontece é que as pessoas estão cada vez mais conectadas com o mundo, com as tarefas, com a tecnologia, estão preocupados com a vida do outro, mas estão cada vez mais desconectadas consigo mesmas, estão desconectadas da sua essência, de seu verdadeiro Eu, e quando isso acontece, a pessoa fica com dificuldade de se relacionar de forma saudável e positiva com o outro, com o esposo, com os filhos, no trabalho.

E o que pode me ajudar a solucionar tudo isso? Primeiro: autoconhecimento de forma profunda e detalhada que você tem que ter sobre a sua vida. Aí as pessoas chegam em mim e dizem: “Mas Mara, eu me conheço!” Será? Será que você se conhece a ponto de compreender porque você reage da forma que reage, porque você trata as pessoas como você trata, porque você decide as coisas por impulso ou porque você demora tanto para decidir, e às vezes nem toma a atitude? Ou porque você tem um jeito mais agressivo, a hora que você viu já falou e foi pra cima, ou porque você não consegue levantar a voz para ninguém, você já tentou entender isso?

Sócrates dizia “Conheça a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo”. E cada um de nós tem um universo, tem uma imensidão aqui dentro, e para termos a consciência desse universo é preciso passar por um processo de autoconhecimento profundo. E cada pessoa é única e tem a sua individualidade. A sua busca deve começar por se conhecer de forma profunda na sua essência, o seu verdadeiro EU, você precisa saber como a sua cabeça funciona, e cada pessoa tem um manual diferente, cada pessoa funciona de um jeito.

Segundo: quem eu quero me tornar, meus sonhos e desejos, com clareza de detalhes.

Terceiro: o que você deve fazer pra se tornar essa pessoa dos seus sonhos, o passo a passo, o planejamento. Isso é autoconhecimento.

Mas só autoconhecimento adianta? Confesso que é um salto gigantesco quando você se conhece e sabe onde quer chegar com clareza. Mas ainda não é tudo, o que falta é o controle das suas emoções, principalmente dentro dos relacionamentos, porque se eu não dominá-las, elas me dominam. E o que acontece na maioria das vezes? As pessoas colocam as suas emoções nas mãos das outras pessoas, permitindo que elas a deixem angustiadas e estressadas, justamente por acreditarem em tudo que essas pessoas dizem a seu respeito, justamente por não se conhecer.

E quantos casamentos chegaram ao divórcio por diferença de personalidade, quantos pais e filhos não conseguem se entender e por isso não se respeitam, quantos filhos saíram cedo de casa, ou entraram para o mundo da criminalidade, dos vícios, das drogas, da sexualidade muito cedo, tudo isso por conta de falhas na comunicação dentro de casa, devido a personalidades diferentes. E quantas empresas estão enfrentado sérios prejuízos por contratar funcionários errados por não entender de perfil comportamental?

Ou seja, famílias, amizades, empresas, sociedades estão sendo destruídas e não é por falta de amor, mas por falta de inteligência emocional, por personalidades diferentes e por não controlar as suas emoções. Existem 4 perfis de personalidades: Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade. Cada pessoa tem uma forma de pensar, sentir, agir, cada um tem seu ritmo, ou seja, o cérebro das pessoas reage diferente de acordo com Perfil, cada um tem o seu próprio manual e sua forma de viver e enxergar o mundo.

E onde começam os conflitos? Quando acredito que o outro deve pensar, agir, fazer as mesmas escolhas, ter a mesma velocidade, os mesmos gostos, a mesma a forma de enxergar o mundo e os mesmos resultados e por causa disso não há casamento, sociedade e amizade que dure por muito tempo.

E como resolvo tudo isso? Entendendo sobre você e sobre pessoas, tudo envolve pessoas. Porque quem não entende de pessoas, não entende de negócios, não entende de casamento, não tem uma relação boa com os filhos e por aí vai.

Então convido você a fazer essa busca, a conhecer esse universo e entender como você funciona de verdade e assim potencializar seus resultados pessoais e profissionais.

Mara Perente

É Coach Pessoal/desenvolvimento pessoal. Formada na Instituição Febracis. Treinadora oficial dos cursos: O Poder da Ação e Decifre, Decifre e Influencie Pessoas, Educar Amar e dar Limites. É analista de perfil comportamental e palestrante. Instagram: @maraperente

10 Comentários

    1. Oi Johnny agradeço o comentário.
      Realmente é um processo que demanda muita energia, flexibilidade, empatia e o principal, entender como o outro funciona.
      É um desafio, mas é um caminho a ser aprendido.

  1. Exatamente, o momento é desafiador, mas existem caminhos que nos levam a viver em harmônia e equilíbrio com as outras pessoas.
    Agradeço o comentário Claudia!

  2. Um tema crucial e de muita importância principalmente neste dias que estamos vivendo
    Parabéns por esta abordagem e esclarecimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo