Variedades

Netflix corta estupro sofrido por personagem de Klara Castanho em série, diz site

A Netflix resolveu cortar cenas de um estupro que seria sofrido pela personagem de Klara Castanho na segunda temporada de “Bom Dia, Verônica”, ainda sem data de estreia. As informações são do site Notícias da TV. Procurada, a Netflix ainda não havia respondido as solicitações.

Segundo a publicação, o assédio cometido pelo próprio pai da jovem será apenas sugerido e não mais mostrado. A primeira edição já foi feita nesse tom. A publicação indica que a plataforma tem tomado muito mais cuidado com o conteúdo delicado após a exposição do caso real que Klara contou ter sofrido. A atriz assinou com a Netflix antes de ter sido vítima da violência em sua vida particular.

Na trama, o personagem estuprador é interpretado por Reynaldo Gianecchini. Além de assediar a própria filha, de 18 anos (papel de Klara), ele também faz o mesmo com a mulher, personagem da atriz Camila Márdila.

Com o tempo, o líder religioso acima de qualquer suspeita que até então não levantará nenhuma desconfiança na comunidade sofrerá com uma caçada da polícia e deverá começar a ser desmascarado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Generated by Feedzy